sábado, 7 de abril de 2012

Saiba-me

Preste atenção ao que eu não digo
E sentirá a minha vóz calar teu íntimo
Observa-me nos alheios detalhes
E revelará a minha face...
Tateia-me não usando tuas mãos
Mas os teus gestos delicados
E sentirá meu corpo morno
muito próximo de tí...
Sinta-me quando uso o verbo
E provará o sabor da minha essência...
Só assim desvendará minha personalidade
Quando voce já souber que a cor
da minha alma é verde,
tente colorir os meus olhos.
Daí então tão somente saberás quem sou...
Tenta me buscar da maneira que te encontrei...
Na simplicidade de um olhar, me fiz notar...
Começará em tí e finalizará comigo!

Denise Flor©