sábado, 7 de abril de 2012

Só  o amor

Minha rendição, minha apologia
ao amor em todos idiomas,
com todas suas culturas...
Em cada fase lunar
Nos nasceres do sol
e nos seus poentes
Nos amanheceres
e anoiteceres...
Para além de toda terra
Cruzando céu e ar...
Beijando o mar
Sempre ao amor vou brindar!

Somente ele se define
como único e absoluto
e se basta na proporção
em que doamos nosso coração!

Denise Flor©