domingo, 15 de abril de 2012

Punhal

Eu amei como um coração de menina
Primeiro amor, brilhar de purpurina...
Tua indiferença é o punhal
Que o meu querer, assassinas!

Denise Flor©