sábado, 14 de abril de 2012

Eternidade

Ao longo das eras
já estava gravado
no tempo e espaço
que nossas almas unas seriam...
já estava previsto
que nossos corpos queimariam
no fogo ardente dessa paixão...
Calor abrasador no meu existir
Traz tua seiva de água viva
à derramar sobre minha chama...
instinto aflorado no brilho da alma
amor que é luz,  uma candeia acesa...
clarão ofuscante que causa cegueira...
Encontro marcado, desejos de vida.
o sentido de tudo, abrange o mundo
quando somos tocados pelo amor!

Denise Flor©