quarta-feira, 4 de abril de 2012

Outonando

Já é outono,
folhas mortas
de árvores vivas
caem ao chão.
Parece que
necessito me reciclar!
Assim como na natureza
há sempre uma transformação,
de tempos em tempos
deito-me folha seca
levanto-me primaveril.
Corro no tempo, no vento
durante todo abril...
Descanso na flor de maio
Fico quieta e intento
Elevar meu pensamento
Até o céu cor de anil.
Denise Flor©