sexta-feira, 6 de abril de 2012

Descompasso

Conto as horas e minutos
esperando tua vinda.
Ando pra lá e pra cá
Olhando impaciente
para a porta
que demora a se abrir.
Ai é um desassossego
esse meu coração
No peito apertado,
sofrendo, pulando
todo descompensado!
E essa tortura só termina
quando tu chegas e me domina
Com mil beijos de amor!

Denise Flor©